Home Canalização? Nossos canalizadores Sobre nós Contact


Home > Português > Matthew Ward — May 8, 2011

Matthew Ward — May 8, 2011

Português brasileiro Esta mensagem também está traduzida em Português brasileiro

O amor de todos os Seres de Luz, através deste Universo, está a reforçar a vossa Luz, e muitos dos emissários de Deus estão a caminhar, lado a lado, convosco

1. Com saudações amorosas de todas as almas desta estação, sou Matthew. Há muito tempo atrás, tanto que não é possível ser calculado segundo o vosso tempo linear, a constituição celular da Humanidade era de textura cristalina, e tinham 24 hélices de DNA.Com o decorrer do tempo, durante eras e eras, os que pertencem às trevas manipularam a constituição genética, reduzindo a Luz dentro das células até que ficaram de textura de carbono e ficaram só com duas hélices de DNA. Os das trevas foram bem sucedidos na produção de civilizações com um sistema imunitário enfraquecido, susceptível a todas as qualidades de doenças, uma duração de vida muito curta, perda total de clareza espiritual e capacidade cerebral gravemente limitada. A enorme diminuição de saúde, da longevidade, de conhecimento espiritual e de inteligência, tem sido o quinhão dos povos dos mundos da terceira densidade.

2. Tudo isto é do conhecimento das almas que vivem em espírito. Então porque é que escolheriam nascer numa civilização de terceira densidade, vezes sem conta? Fazem isso, porque noutras encarnações sucumbiram muito mais do que ultrapassaram o medo avassalador, a ignorância, a mentira e a guerra, que são as pedras basilares do controlo das trevas. Cada vez que tentam completar as lições kármicas da terceira densidade, representando papeis que foram acordados com todos aqueles que querem partilhar essa vida, para que todos possam alcançar uma experimentação equilibrada e começar a subir a escada da espiritualidade e da intelectualidade. Cada vez que encarnam, as almas estão convencidas que, dessa vez, em personagem, elas irão reter a Luz que todas as crianças têm quando chegam.

3. No entanto, de todas as vezes, a sua determinação em manobrar de modo bem sucedido e através de um mundo onde as trevas florescem, fica embrenhada na realidade de viver nessas condições das densidades baixas. Deste modo, durante milénios os residentes da Terra ficaram cativos das mentiras perpetradas e perpetuadas pelos fantoches das forças das trevas, que habitam o planeta. Poucas pessoas seguiram sempre as mensagens da alma e falaram a verdade, mas as suas vozes foram cortadas, ou a sua informação foi distorcida, e a morte e a negatividade resultantes disso continuaram a reinar.

4. Há cerca de sete décadas do vosso tempo, a Terra gritou por ajuda para acabar com o ciclo destruidor. Em resposta a esse pedido, o Conselho Superior Universal criou o plano mestre para a sua transição para fora da terceira densidade e para regressar à quinta, onde a alma da Terra foi originada e permaneceu, se bem que a negatividade acumulada fizesse com que o seu corpo planetário caísse em espiral. O plano determinou esforços conjuntos de seres evoluídos de outras civilizações com pessoas escolhidas na Terra e uma data para o planeta sair da terceira densidade, no fim do vosso ano de 2012. Mesmo que o tempo – que, em realidade, é a frequência de energia que prevalece – esteja a escoar-se mais rapidamente a cada dia, é certa a sua chegada atempada ao limiar do que foi denominado a sua Idade Dourada.

5. Não é o caso dos residentes dela, que ainda estão renitentes em acreditar e agir de acordo com o que lhes foi dito, repetidas vezes, pela “autoridades.” Os números dos que são receptivos à Luz estão a aumentar; no entanto, devido a ignorar as verdades, muitos outros ainda estão “nas trevas.” No amor por todos os seus residentes, a Terra quer que todos a acompanhem para a quarta dimensão, mas para fazer isso, têm de aceitar a Luz que lhes irá permitir a sobrevivência física nas frequências mais altas de que o planeta está a aproximar-se rapidamente.

6. Os membros da vanguarda das forças da Luz, no planeta e fora dele, que sabem que muito tem de ser cumprido rapidamente, concordaram que se deve começar com a divulgação das verdades para que os povos possam pedir as mudanças que foram formuladas para alcançar um mundo transformado e pacífico. Os membros concordaram que não se pode perder tempo e que se tem de divulgar as verdades que os Illuminatti mantiverem escondidas, assassinando pessoas conhecedoras desses factos ou a ridicularizando-as a nível profissional, e denominando todos os que acreditam neles como sendo “teóricos da conspiração”.

7. Os membros também concordaram que algo dramático era necessário para chamar a atenção dos povos; no entanto, como é o vosso mundo, seria da conta dos vossos chefes decidir o que devia ser feito. Anunciar que os membros de outras civilizações estão entre vós requeria milhares de detalhes antes que isso pudesse ser apresentado convenientemente, e a sugestão de que todas as verdades fossem transmitidas tal como aconteceram foi vetada porque não houve acordo sobre quais as que deviam ser reveladas em primeiro lugar – essencialmente, que dedo devia ser tirado da brecha. Alguns acharam que seria melhor anunciar a morte de Osama Bin Laden, o cérebro oficialmente acusado do “9/11.” Sentiram que o anúncio podia ser desviado, ao expor a verdade sobre os acontecimentos horrorosos desse dia quase dez anos depois, e que isso iria eliminar o medo nas pessoas que acreditavam naquilo que lhes foi dito: Ninguém está seguro enquanto Bin Laden estiver vivo.

8. Só que, quando esta sugestão foi levantada, alguns do grupo, incluindo o Presidente dos Estados Unidos, tinham a certeza que o homem tinha sido morto há cerca de uma década, e rejeitaram veementemente a sugestão. Mas como ninguém tinha outra ideia para chamar a atenção do mundo, a maioria votou “matar Bin Laden” e, mais tarde, explicar publicamente porque é que essa história tinha sido divulgada.

9. Pode-se argumentar que a mentira para alcançar um fim positivo, é “melhor” do que a mentira para embarcar num objectivo negativo. Não é o nosso desejo nem o nosso propósito julgar a decisão, muito menos julgar aqueles que a tomaram, mas apenas relacionar a informação que nos foi dada pelos monitores da Terra no Nirvana. Não sabem como irá chegar a explicação para a decisão porque as partes responsáveis ainda estão a discutir as estratégias para os próximos passos.

10. Independentemente de como isso seja feito, no fim do próximo ano, a Luz terá vencido todas as trevas na Terra – isso foi assegurado desde o princípio da ascensão. Podeis servir melhor a vossa capacidade como trabalhadores da Luz, não condenando nem julgando a história de Bin Laden, mas juntando Luz a toda esta intenção – acelerar a divulgação de todas as verdades para que as reformas também possam chegar rapidamente. E para os líderes que sabem a urgência maior, a intenção é para que todas as pessoas tenham a oportunidade de abraçar a Luz dentro da verdade antes que seja demasiado tarde para seguirem fisicamente com a Terra, se escolheram essa jornada nos seus contractos de alma.

11. Hoje é o Dia da Mãe em muitos países em todo o mundo. Juntamo-nos a vós que concordastes aceitar a responsabilidade mais exigente de uma vida.

12. O amor de todos os Seres de Luz, através deste Universo, está a reforçar a vossa Luz, e muitos dos emissários de Deus estão a caminhar, lado a lado, convosco.

                             _________________________

AMOR e PAZ

Suzanne Ward
Website: The Matthew Books
Tradução: Maria Luisa de Vasconcellos (luisavasconcellos@hotmail.com)


Matthew, Fala-me do Além, já à venda em todo o país, tendo entrado directamente para os tops de venda (Espiritualidades), está longe de ser um livro convencional. Para quem acredita que o Mundo está em transformação e que realmente existe Vida para Além da Morte, este é um livro imperdível.

A curiosidade pelo inexplicável é algo intrínseco no Homem, e os diálogos entre esta mãe e o filho que morreu cedo demais não vão deixar ninguém indiferente. Matthew, Fala-me do Além não só ajuda a compreender a beleza do outro lado, como ensina a trazer essa beleza para o nosso próprio mundo.

A morte de Matthew abalou os alicerces cristãos de Suzanne Ward, ex-jornalista. «O dogma religioso domina de tal forma as nossas crenças que é muito difícil aceitar qualquer coisa que entre em conflito com o que nos ensinaram. Depois de 35 anos como fiel praticante da igreja Cristã, fiquei atemorizada quando se iniciou a minha conexão telepática com o meu filho Matthew, que morreu aos 17 anos em 1980, e nem dá para imaginar tudo o que ele me disse!»

As mensagens que Matthew tem transmitido à mãe não se limitam à relação pessoal e natural que existe entre os dois. Temas actuais, como o terramoto no Japão, os confrontos na Líbia, a eleição de Obama, entre muitos outros, são abordados nos diálogos de Suzanne com o filho.

Onde comprar:

Portugal:
Lojas FNAC
Bertrand Livreiros: www.bertrand.pt

Fora de Portugal:
No site da Autora, em Bookshop
www.matthewbooks.com



< previous message | next message >


Share |

Would you like to comment on this message? Send us an e-mail! If we find it appropriate, we will place it under this message.
If you would like to receive an e-mail from us when there's a new message from Matthew,
please let us know and we'll add you to our mailing list.

Galactic Channelings

Create Your Badge



© GalacticChannelings.com março 26 2017 | Contact | Add to Favorites