Home Canalização? Nossos canalizadores Sobre nós Contact


Home > Português > Matthew Ward — December 29, 2012

Matthew Ward — December 29, 2012

Português brasileiro Esta mensagem também está traduzida em Português brasileiro

Reacções ao 21 de Dezembro, efeitos reais; as crenças criam a realidade; resultados/consequências das trevas, limpando os “escombros”, expectativas; Deus encarregado da chegada dos Extra Terrestres; fontes de informação; a Ascensão mais suave a partir de agora; alma e ciência, a mesma energia

1. Com saudações amorosas de todas as almas desta estação, sou Matthew. 21 de Dezembro, a data tão longamente esperada com entusiasmo e reflexão sobre o que aconteceria, chegou e passou.

2. As experiências individuais desse dia foram tão pessoais e únicas como são todas as almas. No entanto, a maioria das sensações sentidas pelos trabalhadores da Luz podem ser descritas como momentos de elevada sintonia espiritual para alguns; uma sensação de paz e bem-estar para outros e desencorajamento para os que esperavam ver mudanças momentâneas. À excepção dos seguidores do conceito do “Dia do Juízo Final,” a reacção geral para o resto da população da Terra que não pensou sobre o significado do calendário Maia foi: Sei que nada fora do habitual iria acontecer.

3. Querida Família da Terra, algo absolutamente fora do comum aconteceu! Todos no vosso mundo regozijar-se-iam connosco se soubessem que a energia poderosa que foi ancorada na Terra durante o solstício, iluminou muitos milhões de almas. Estão Incluídas as que não têm nenhum conhecimento da Ascensão da Terra ou que estão nas fileiras dos que estão “prontos a pular a cerca” ou que estiveram imbuídos das maneiras das trevas. Embora sem ter conhecimento consciente, todos intensificaram na consciência colectiva o desejo e a determinação de corrigir o que está errado no vosso mundo.

4. Claro que não podeis aperceber-vos deste facto de acordo com a nossa perspectiva, mas estareis a ver os efeitos da infusão maciça da energia de Amor/Luz. Mais do que nunca, as pessoas em todo o mundo estão a sentir profundamente compaixão pelos que estão em choque e dor depois dos tiroteios maciços ou esporádicos, ou que estão a lutar e a morrer para se libertarem da tirania, ou que estão sem lar e com fome.

5. Houve sempre indivíduos que se destacaram por ajudar os outros da melhor maneira que puderam. O que é novo é a Unidade de Tudo Que É, conhecida a nível de alma, estar a subir para a consciência, onde uma sensação de ligação com todos que estão a sofrer está a emergir suavemente.

6. O recente jorrar de Luz criou uma intenção unida a nível de alma de acabar com a violência no vosso mundo e erguer as massas empobrecidas. Como os pensamentos e as acções em sintonia com esta intenção se incorporam na crença colectiva de que isso pode ser feito, serão dados passos firmes para consegui-lo.

7. Sabeis que no continuum isto é um facto consumado. Mas a maioria dos povos da Terra tem permanecido em vários graus de conhecimento consciente da terceira densidade e, a esse nível, as possibilidades estão confinadas aos sentidos e capacidades da terceira densidade e ao que lhes foi ensinado.

8. O seu desejo profundo de um mundo de paz e bondade é real, mas as limitações das suas crenças criaram dúvidas de que isso jamais poder-se-ia tornar uma realidade. A lei universal de que a crença cria a realidade e afecta a vida de todas as pessoas não é conhecida de forma abrangente, portanto, é compreensível que a crença enraizada na maior parte da vossa civilização seja que as múltiplas situações chocantes do vosso mundo sejam demasiado vastas para serem remediadas. Agora, o conhecimento a nível de alma está a mover os pensamentos de “é impossível” para “talvez seja possível – vamos tentar!”

9. A Terra está a passar através da janela celeste onde as últimas e raras emanações da terceira densidade são tão fracas que quase não são percebidas junto às emanações fortes e brilhantes da quarta densidade. Enquanto todos os Seres de Luz rejubilam sobre este acontecimento glorioso, que não tem precedente na História Universal, isso não significa que, de repente, a Terra seja transformada num paraíso.

10. Tal como uma tempestade violenta provoca morte e destruição, também acontece o mesmo com as trevas. Mas uma tempestade dura apenas algumas horas e não abrange todo o mundo. As trevas controlaram a vida na Terra durante milénios, e o estado do vosso mundo de hoje é o resultado de longas eras de devastação infligidas pelas trevas. Deixou, no seu rasto, o dano causado ao planeta e a influência que teve sobre muitas mentes.

11. Sabemos que alguns pensam que limpar o lixo deixado pelas trevas pode acontecer apenas depois da nossa Família Universal estar no local. Por mais que queiram trazer a sua tecnologia e trabalhar lado-a-lado convosco, de facto a possibilidade de tal assistência não está fortemente inculcada na consciência colectiva. Neste caso, o aspecto positivo é que as almas do planeta estão, e estarão dentro em breve, a mudar o que necessita ser mudado.

12. Por favor, não menosprezem as mudanças que têm estado a acontecer há algum tempo. Foi exposta uma grande porção de fraude e corrupção e, em vários países, os cidadãos ergueram-se para afastar o jugo da opressão. Os movimentos das bases estão a forçar as mudanças, quando os governos eleitos falham em satisfazer as necessidades dos cidadãos. Os povos duramente atingidos pelas economias em rotura desenvolveram maneiras engenhosas não só para lidar com as dificuldades, mas para superá-las.

13. É verdade que os extraterrestres que estão a viver entre vós ajudaram nestes esforços, mas por favor reconheçam a vossa parte. As vossas acções divinas e firmeza na Luz foram contribuições indispensáveis! O poder das orações, as visualizações de uma Terra radiante, a partilha com os que são necessitados e o apoio de organizações envolvidas na preservação ambiental e outros esforços valiosos, são inestimáveis.

14. Realmente ainda há muito por fazer e, como os vossos esforços continuam e o momentum da Luz torna-se mais rápido e mais largo, ireis ver os planos e as intenções manifestarem-se. A resistência e a beligerância irão evoluir em negociações, em cooperação e unidade de espírito, à medida que o vosso ano novo se desenrola em consonância com o vosso desejo de viver em paz e harmonia com a Natureza.

15. Haverá “trancos e barrancos” ao longo do caminho, tentativas, erros e falhas, mas em vez de tolherem o movimento para progredir, irão reforçar a resolução colectiva de estabelecer o curso para criar o mundo pacífico, saudável e belo que quereis.

16. Claro que, mais membros da vossa família universal juntar-se-ão a vós, mas é o vosso mundo e é da vossa conta. Embora alguns trabalhadores da Luz estejam ou irão estar em breve, em posições de liderança, a maior parte são indicadores do caminho para as almas acordadas e para aquelas que ainda não tenham atingido esse ponto, e é suficiente viverem a Luz que são.

17. As vibrações prevalecentes, que estão em níveis como já não havia no planeta há éons (milhares de milhões de anos), ergueram correspondentemente os vossos níveis de vibração e a Luz da vossa verdadeira essência está a irradiar com mais força do que nunca. Isto afecta beneficamente os pensamentos e os sentimentos das pessoas cujas vidas vocês tocam e flui para ajudar a transmudar em Luz os resíduos de negatividade, onde quer que eles se encontrem.

18. O vosso brilho irá erguer os espíritos afins que ficaram desapontados porque as suas expectativas para o dia 21 de Dezembro não se concretizaram. Isto é, as situações do mundo não melhoraram consideravelmente a partir daquele dia.

19. Vamos falar sobre as expectativas. Voltamos à lei universal que diz que a crença cria a realidade e acrescentamos que a lei tem uma cláusula: A crença tem de ser realista dentro do seu ambiente.

20. Por exemplo, alguém pode acreditar que embora veja um comboio veloz apenas a algumas jardas, pode cruzar os carris em segurança. Não pode, não num ambiente como a Terra, onde a consciência colectiva não inclui a crença de que o perigo pode ser evitado pela desmaterialização ou pela teletransporte. Por isso, esse facto não será uma realidade, nem uma possibilidade no vosso mundo.

21. É o mesmo que se passa com as expectativas não realizadas em 21 de Dezembro. A maioria da vossa população só agora está a começar a acreditar que pode ser possível tornar o vosso mundo melhor. Não está no vosso sistema de crenças acontecer mudanças profundas em todo o mundo num dia designado e, por esta razão, não está firmemente implantado na consciência colectiva, e a consciência colectiva é a força criativa de uma civilização. Por isso, não é real esperar mudanças fundamentais em todo o mundo num dia designado dentro do ambiente da Terra.

22. Em relação às crenças individuais sobre o “Fim do Mundo”, elas estavam “fora de sintonia” e não apenas com a consciência colectiva. A crença que o mundo se iria auto destruir ou ser destruído, é exactamente o oposto da visão de Gaia da Idade Dourada para o seu corpo planetário e para todas as suas formas de vida, e Deus está a respeitar o seu desejo.

23. Foi por isso que nas mensagens anteriores podemos afirmar com toda a segurança que o dia anterior a 21 de Dezembro seria muito semelhante a esse dia e ao dia seguinte. Em suma, mencionamos que não haveria uma “cerimónia de inauguração com corte da fita” quando a Terra alcançasse o princípio da quarta densidade, que seria sabido ser cerca dessa data, falando linearmente. [Setembro 9, 2011: Como a Terra ascende através das "últimos" correntes de energia flutuantes da terceira densidade, que se misturam com as "primeiras" flâmulas da quarta, não ireis notar uma diferença dinâmica de um dia para o outro. Não haverá cerimónia de inauguração com corte da fita, por assim dizer.]

24. Existe um elemento adicional aos efeitos da consciência colectiva numa civilização, a respeito da chegada da nossa família a outros mundos. Tendes esperado ansiosamente a aterragem de naves e o encontro com membros que estão a viver entre vós.

25. No entanto, não só o vosso entusiasmo não é partilhado pela vasta maioria da vossa sociedade, mas a realidade dos “alienígenas” virem ajudar ou já estarem a viver no planeta não está nos vossos sistemas de crenças. Além disso, para a maioria, a ideia de como são os extraterrestres é que são seres monstruosos a invadir a Terra como é mostrado nos filmes.

26. Como foi mencionado nas mensagens anteriores, o Supremo Conselho Universal era responsável pela ocasião da sua chegada e introdução e agora é Deus que está encarregado disso. Deus aliviou o Conselho da pesada responsabilidade de decidir quando é que os povos da Terra estão psicologicamente preparados para ver naves aterrar em força e de saudar seres de aparência pouco habitual. Deus dirá VÃO! quando o encontro puder ser bem recebido e sem medo, e ELE está ansioso por essa ocasião de regozijo como todos nós, pois sabemos que está a chegar.

27. Neste assunto, Deus a tomar conta do leme é uma mudança em relação ao que relatamos anteriormente. As mudanças acontecem nas cúpulas do Universo tal como acontecem nas vossas vidas! Portanto, não é o facto de vos darmos informação enganosa e depois termos de a corrigir – nós relatamos o que se passa na ocasião das nossas mensagens, e se mais tarde alguma mudança significativa acontecer, relatamo-la.

28. Alguns perguntam onde obtemos a nossa informação. Alguma é o nosso conhecimento a nível de alma que emergiu através da autodescoberta, ou da recordação, e pode ser descrita com mais correcção e brevidade como “conhecimento universal”. Não temos mais conhecimento do que qualquer outra alma, simplesmente, ao evoluir espiritual e conscientemente, tivemos mais oportunidades de recordar o que está nesse armazém de conhecimento do que tiveram as almas menos desenvolvidas.

29. A nossa informação sobre o que está a acontecer na Terra e sobre ela vem de uma série de fontes, e quando a informação de várias fontes coincide ou por assim dizer, está no mesmo patamar, partilhamo-la confiadamente convosco.

30. Deus é uma das fontes, que nos disse exactamente o que afirmamos a respeito de quando Ele irá dizer ao Conselho para notificar os comandantes das frotas da ordem: VÃO! O Conselho é outra fonte, como também é o nosso bom amigo Hatonn, que é um comandante da frota intergaláctica e director das comunicações entre a Terra e o resto do Universo. Também estamos em contacto com indivíduos no Nirvana que observam as actividades na Terra, e com civilizações que são de tal modo evoluídas a nível espiritual, intelectual e tecnológico, que mesmo nesta estação parecem ser mágicas.

31. Temos acesso aos Registos Akáshicos, à massa da consciência do Universo, e à consciência colectiva da Terra, e sabemos o que está no potencial do campo de energia da Terra. É neste campo que as possibilidades se tornam em probabilidades e as probabilidades tornam-se em certezas, dependendo da quantidade de energia que os nossos pensamentos, sentimentos e acções colocadas num acontecimento potencial particular.

32. Então digo que a partir de agora a passagem da Terra será mais suave do que durante os últimos meses, quando as mudanças naturais causadas pelo alinhamento planetário causaram fortes surtos de energia no vosso sistema solar. Enquanto esses surtos deram à Terra o impulso que ela necessitava para alcançar o portal para a quarta densidade, muitos de vós experimentaram anomalias físicas, emocionais ou mentais desconcertantes pois os vossos corpos estavam a ajustar-se às vibrações mais altas que estavam a aumentar.

33. A partir de agora, a combinação da estrutura celular cristalina e a intensificação da luz ao longo do curso da ascensão da Terra irá permitir que os vossos corpos fiquem num estado de equilíbrio mais uniforme. E vão ser capazes de lidar com serenidade, autoconfiança e sabedoria inata, seja qual for a situação que surgir.

34. Com poucas excepções, os vossos cientistas vêem a luz no contexto da astrofísica e da tecnologia, e as religiões vêem o amor como uma actividade da alma. Vai tornar-se conhecido que a luz da ciência e o amor da alma são uma e a mesma energia, e é a força mais poderosa do Cosmos. Agora que esta energia está fluindo mais abundantemente no vosso mundo do que em qualquer momento desde que Gaia e o seu corpo planetário foram criados na perfeição de Deus, as feridas dos seus moradores e da própria Terra podem ser curadas.

35. Entrem no ano de 2013 sabendo que os Seres de Luz de todo o Universo são, tal como antes e cada vez mais, os vossos apoiantes e ajudantes invisíveis. Que regozijo irá existir quando sentirem o mesmo amor incondicional que sentimos por vós!

______________________________________

AMOR e PAZ

Suzanne Ward
Website: The Matthew Books
Email: suzy@matthewbooks.com
Tradução: Maria Luisa de Vasconcellos (luisavasconcellos@hotmail.com)




À venda na FNAC

http://www.fnac.pt/Matthew-Fala-me-do-Paraiso-na-Terra-Oferta-Exclusiva-Suzanne-Ward/a605398?PID=5&Mn=-1&Ra=-1&To=0&Nu=1&Fr=0

E em todas as grandes superfícies.


Aos Leitores de Língua Portuguesa.
Procuramos continuamente ajuda para o nosso trabalho, portanto, se dominar bem a postagem de mensagens em blogs. não hesite em contactar-nos no seguinte endereço: luisavasconcellos@hotmail.com Obrigada!



Vizualização Mundial - Por favor Juntem-se a Nós!




Share |


Galactic Channelings

Create Your Badge