Home Canalização? Nossos canalizadores Sobre nós Contact


Home > Português > Blossom Goodchild dá entrevista no "Oliver Show"

Blossom Goodchild dá entrevista no "Oliver Show"

Blossom Goodchild
Originally broadcast on 12Radio on Wednesday, Jul 21, 2010 7:00 PM (Pacific Time)


Oliver: Estou tão feliz. Obrigado por estarmos reunidos de novo. Estiveste comigo há dois anos quando canalizaste aquela mensagem incrível, e quero dar uma explicação aos ouvintes, aos que estão longe daqui, aos que por qualquer razão perderam essa entrevista completamente. Por favor, explica com as tuas palavras porque é que isso não aconteceu há dois anos e o que era a mensagem canalizada, porque acredito que tu canalizas um grupo intergaláctico de seres que se chama A Federação da Luz. Não está correcto?

Blossom: Sim, está correcto, Oliver, e aconteceu que estava realmente a canalizar a Federação da Luz há cerca de dois anos antes dessa mensagem ter sito transmitida e escrevi um livro que se chama The Bridge (A Ponte). Quando esse terminou, pediram-me para começar a escrever outro, e nessa época, em Fevereiro de 2008, descobri quando olhei para trás, que tinham dito ‘vamos-te pedir uma tarefa tão grande que até tu irás questionar a sua credibilidade’ e esqueci tudo sobre isso. E depois, em Março ou Abril, pode mesmo ter sido em Maio, chegou essa mensagem que queriam que eu alertasse os governos e os líderes porque iam aparecer em 14 de Outubro e pensei literalmente, “Não, desculpem, não posso entregar essa mensagem. Não posso telefonar ao presidente e dizer, ‘olá, desculpe, o meu nome é Blossom e tenho uma mensagem para si …’ Continuei a pôr isso de lado, a afastar isso e, finalmente, um amigo meu que me ajuda com todo o material de White Cloud (Nuvem Branca) disse, ‘Blossom, o que é que vais fazer com isto?’Tens de difundir essa mensagem.’ Por isso, finalmente pedi à Federação se tinham palavras especiais para serem transmitidas e realmente eles canalizaram aquela mensagem particular que chegou a milhões e milhões de pessoas. Quando divulguei essa mensagem tinha 128 pessoas na minha newsletter, nessa época e pensei, ‘bem, vou divulgar isto para eles. Eles vão apagá-la e vai ser o fim de tudo. (Risos) Sabia pouco do que se ia passar? Como muitas pessoas sabem tornou-se uma virose … foi absolutamente incrível. E a Federação continuou a canalizar o que foi difundido nessa ocasião. Penso que isso aconteceu em Agosto, por isso continuei a colocar as canalizações na minha página Web, todas os fins-de-semana para dar conhecimento às pessoas do que se estava a passar e mal podia crer o que estava a acontecer a mim e à minha vida. Dei uma volta a 100%. Penso que o importante foi que muitas pessoas acordaram devido a essa mensagem. Havia uma energia contida nela que fazia com que os homens chorassem ou fazia-os ver que ainda não tinham acordado espiritualmente. Começaram a dizer,’oh, aquela mulher maluca na Austrália, disse isto’ e começaram a olhar para os céus e começaram a ficar interessados em tudo o que então era capaz de acordar tantas pessoas.

Oliver: Recordo quando ouvi falar disso e a mensagem era que iam aparecer no céu à noite e que seria uma nave muito grande, tanto quanto sei.

Blossom: A Federação da Luz disse “numa nave enorme,” que estariam nos nossos céus durante três dos nossos dias. Outros canalizadores então começaram a dizer que a nave tinha, não sei bem, cerca de 500 milhas de comprimento e coisas dessas. Realmente não dei um tamanho específico do que seria a nave. Eles disseram, apenas, que seria uma nave enorme, mas houve outros canalizadores que eu respeito muito que também confirmaram que isto ia acontecer, por isso, estávamos todos em alerta.

Oliver: Eu diria que sim. A internet estava a comentar o que tinhas canalizado nessa ocasião e que mudou completamente a tua vida. Num dia eras completamente desconhecida e, de repente, no dia seguinte todos falavam de ti. E houve as mensagens boas e as que não foram tão boas, então como é que lidaste com isso?

Blossom: (risos) Chorei bastante. Quando isso se tornou numa virose, e aconteceu em todo o mundo, e a maioria das pessoas tinha conhecimento disso, eu olhava para os céus e dizia “Seria bom que vocês aparecessem.” Era uma coisa tão grande para mim e, por vezes, à noite, eu ia literalmente para a cama e chorava porque estava assustada. Realmente isso iria acontecer? E se não acontecesse? Eu parecia uma idiota. Sei que tudo isso tem a ver com o ego e que ninguém sabia quem eu era e de repente a caixa de entrada do meu correio electrónico e tudo o mais ficaram loucos, mas ao mesmo tempo, era muito emocionante porque, realmente, eu sentia que isso ia acontecer. Se não acreditasse nisso tinha parado de canalizar. Foi por isso que divulguei a mensagem porque, pensei, se eu não acredito que o que estou a receber é a Verdade, então devo parar agora. E eu ACREDITEI que era uma Verdade da Federação da Luz.

Oliver: Blossom, tenho de dizer-te uma coisa que admiro sobre o que fizeste. É preciso ter coragem para fazer o que fizeste e como dizes, acreditas plenamente no trabalho de canalização que fazes, e realmente arranjar coragem para avançar e anunciar a todo o mundo e, basicamente, virar tudo de pernas para o ar porque a certo nível, é fácil dizer que és um canal, mas realmente puseste a tua fé nisso e enfrentaste todos e disseste, “ Isto é o que eu faço e esta é a mensagem que recebi.”

Blossom: Sim, sim, e o resultado, se estiveres pronto para avançarmos ...

Oliver: Não, não, vamos manter em segredo mais um bocadinho ...

Blossom: Foi interessante porque o que aconteceu e o que não aconteceu a cada indivíduo, e esta é a maneira que eu diria isto, porque as pessoas iriam dizer que não aconteceu e para mim, ‘não, não aconteceu da maneira …’ como eu disse à Federação, ‘que vocês prometeram’. E mesmo assim eu tive milhares, literalmente milhares de emails de pessoas que experimentaram ver naves, talvez naves mais pequenas, ou terem sido levados para uma nave. Tu sabes, aconteceram tantas coisas nessa ocasião e havia vídeos da Youtube por todo o lado e milhares de pessoas viram coisas, nessa ocasião. E foi obviamente uma época bizarra para mim.

Oliver: E isto é algo que realmente eu gostaria de aflorar, precisamente mais um pouco do que aconteceu depois de 14 de Outubro. Blossom, para recapitular … há dois anos recebeste essa mensagem incrível da Federação da Luz … que a nave deles ia aparecer nos nossos céus por um período mínimo de três dias e estávamos a falar sobre o que aconteceu depois porque a coisa inicial é que as pessoas dizem que isso não aconteceu e eu mesmo vi um vídeo da YouTube onde pedias desculpa e há dois anos quanto estivestes no meu programa que se isso não acontecesse … ‘oopsie daisy’ (risos) Uma vez passado o 14 de Outubro, a Verdade foi um bocadinho diferente, mas como estávamos a falar precisamente antes do curto intervalo, tu falaste de pessoas que te enviaram emails e que experimentaram alguma coisa. Creio que vi alguma coisa no céu e vi com a minha amiga Sandy. Estávamos de pé a olhar para fora da janela da cozinha dela e realmente vimos qualquer coisa. Quando vimos estava lá e desapareceu imediatamente. Gostaria de saber como canalizas e como isso chega a ti e quão clara é a mensagem quando chega a ti. Mas poderia ter havido uma maneira diferente de como se mostrarem nos céus nocturnos. (Continuo a dizer céus da noite e não sei porquê). O que pensas disto?

Blossom: É muito difícil de dizer o que aconteceu e o que não aconteceu a cada indivíduo. Quando canalizo é literalmente uma comunicação telepática. Como digo, não tenho um homenzinho verde a aparecer no meu quarto e a dizer, “Tome conta disto Miss Jones.” Para mim, pode ser a palavra estranha que não aparece e sei que parece ridículo dizer, eu aplico os meus ouvidos um pouco embora não ouça, para apanhar a verdadeira palavra que é, mas quando chega não consigo escrever muito depressa.É uma conversa entre mim e A Federação da Luz. Houve ocasiões em que fui escrever e pensei – vou fazer uma canalização hoje – sintonizo, começo e literalmente … nada. Não posso. Não há nada, a pequena frase estranha e é um pouco difícil e eu penso ‘não’ e sento-me aí e espero um pouco e vejo se há alguma coisa a acontecer e nada. Mas isso não acontece sempre. Aconteceu algumas vezes, mas de uma maneira geral eles estão aí. Apenas sei quando não estão aí, as energias não são apropriadas hoje e não consigo fazer. Não consigo construir todo aquele fraseado. As pessoas riem de mim pelas palavras que eles dizem, eu conheço-as, ouvi essas palavras, mas não sei completamente o seu significado, por isso vou ao Google e procuro-as e as pessoas pensam, meu Deus, ela realmente é tapada, mas eu não estou certa se aquela palavra em particular se encaixa na frase que eles me deram. Quando revejo estou sempre 100% perturbada devido à precisão do que a palavra realmente significa e como se encaixa … e é por isso que sei que não sou eu, Oliver.

Oliver: O que estás a dizer, Blossom?

Blossom: Não uso a terminologia deles. Tu sabes, não falo da maneira que eles falam. Afastei-me da tua pergunta?

Oliver: Não sei. Afastaste-te? (risos) Penso que não porque realmente gostaria de te perguntar aqui qual foi a mensagem que eles te trouxeram depois do evento. Porque é que voltaram, o que te disseram e quais foram algumas das mensagens que tiveste nos teus emails?

Blossom: Foi interessante porque depois desses três dias, o ia 14, 15 e 16, gravei o vídeo do YouTube onde pedia desculpa porque estava a ser inundada, e claramente as pessoas queriam saber o que se estava a passar. Tinha canalizado alguns dias antes e não se mostraram da maneira que pensavam fazer. E senti que tinha a responsabilidade de dar alguma resposta e como muita gente viu eu estava completamente devastada. Estava tão chocada como muitas outras pessoas e muito honestamente isso fez-me questionar tudo. Isso fez-me mesmo questionar White Cloud com quem tinha trabalhado durante 10 anos. Fez-me questionar a razão total da minha vida! O interessante é que embora estivesse tão vulnerável nesse vídeo também parecia que isso tinha um significado de ser, porque muitas pessoas ficaram gratas porque não tentei arranjar desculpas sobre isso e tinha sido honesta sobre todo esse assunto. Não sei o queres mais. As pessoas estavam a enviar-me ameaças perigosas e foi tudo muito sério nessa ocasião. Não recordo quanto tempo mais tarde aconteceu, mas pensei ‘se voltar a trás e os canalizar, não sei se posso acreditar mais neles’. Não me sentia inclinada a fazer isso. Sentia-me traída. Pensei, ‘muito obrigada por isto,’! Então, literalmente uma noite não consegui dormir. Foi cerca da 1.00h ou 2.00 h da manhã e senti a necessidade de comunicar, por isso fui para o meu computador e foi interessante porque imediatamente quando me liguei com eles, para mim, e essa é a única coisa que recordo, o amor que senti. Chorei o tempo todo, o amor que eles trouxeram, e disseram que tiveram que abortar tudo no último minuto porque se não o tivessem feito, isso seria sabido pelos que pertencem às trevas, e as forças das trevas na Terra, iriam literalmente aniquilar a maior parte do planeta se eles fizessem o que disseram. E a minha pergunta para eles foi: ‘Vocês disseram que tinham coberto.’ Pensaram completamente que ia ser um bluff e realmente usaram a palavra ‘agentes’ e um dos agentes deles deu-lhes conhecimento que não era um bluff e que não podiam arriscar. Realmente falaram ainda recentemente sobre isso e disseram que queriam trazer o assunto de novo, agora, que as coisas tinham sossegado. Perguntei-lhes: ‘Bem, vocês não poderiam ter impedido isso? Conseguis parar mísseis nucleares, creio, e coisas como essas” e eles responderam: “Não, não teria sido uma possibilidade se as trevas tivessem prosseguido,” por isso, claro que tive de aceitar essa explicação, mas ao mesmo tempo estava a receber muitas, muitas cartas de pessoas, algumas de pessoas horrendas e grosseiras, mas algumas de pessoas bondosas a tentar dizer-me que eu estava a canalizar o diabo e que eram ET’s, mas ET’s maus, e que me tinham persuadido e persuadido o mundo e por isso eu tinha muito que esclarecer.

Oliver: Também li essa parte do que fizeste que foi dar um mau discurso às pessoas que realmente acreditavam em ufologia e extraterrestres. Qual é a tua resposta para isso e a tua resposta através da Federação da Luz?

Blossom: No fim do dia A Federação da Luz diz sempre que devemos seguir as nossas verdades. As de mais ninguém, só as nossas. Por isso, é tudo o que posso fazer e, obviamente, quando isso aconteceu eu pensei: ‘Não quero tornar a fazer isto nunca mais.’ E aqui estou eu, dois anos depois, ainda a fazer canalizações e tu sabes, A Federação da Luz, tem mais seguidores do que nunca. O que eles trazem é a sua sabedoria. Não falamos mais em ver um grande UFO no céu. Falamos sobre ensinarem-nos sobre o porquê de estarmos aqui. Foi o que a mensagem conseguiu. Ela acordou muitas pessoas e se os ufologistas e todas essas pessoas que me hostilizaram e disseram que eu tinha causado muito dano a todos os biliões de dólares que eles tinham gasto em satélites procurando e tentando encontrar comunicações, bem, para mim penso que é a Verdade deles. Isso é o vosso saco! Além disso, porque não falam com um certo número de pessoas, não necessariamente comigo, que estão em comunicação com eles, em vez de gastarem biliões de dólares a tentar ouvir um som proveniente algures, no espaço. Isso é da conta deles, Oliver, a sua verdade e essa é a maneira que tenho de estar com isso.

Oliver: Blossom, se eles vierem hoje e disserem: ‘Blossom, temos uma grande tarefa para ti e necessitamos ... (Risos)

Blossom: Dizia-lhes duas palavras, Oliver.

Oliver: Posso imaginar o que seriam essas duas palavras por que sei o que estás ainda a canalizar e podes ir à tua página Web, www.blossomgoodchild.com e podes ainda ler as canalizações que fazes para eles. Mas pensas que realmente estariam inclinados a fazer algo como isso de novo, ou pedir-te para fazer isso? Ou pensas que eles pensam, ‘Já lhe demos mais do que suficiente.’

Blossom: Sim, definitivamente. Não fariam isso e sabem-no. A coisa estranha é que – e as pessoas comentaram isso e sei isso por mim própria – Tenho-os canalizado durante quatro anos e nos últimos dois anos, desde então, a minha aproximação a eles mudou muito. Eu costumava ser, bem, não temerosa, mas muito tímida a fazer-lhes alguma pergunta ou, se dissessem alguma coisa, eu não respondia, não lhes perguntava: ‘Bem, o que querem dizer com isto?’ Agora, confio muito mais na nossa relação e alguns deles têm problemas porque tu (eles) pensas, ‘isto está a vir de mim ou está a vir de qualquer outro sítio?’ Não os posso ouvir. Então como sei que não estou a engendrar isto tudo? E é uma questão de confiança, de confiar em si próprio. Definitivamente, aprendi a confiar muito mais neles. E aconteceu o mesmo com White Cloud. Estou a trabalhar com White Cloud há dez anos. O nosso nível de trabalho um com o outro subiu a 100%. Sinto o mesmo com A Federação. Aprendemos a trabalhar um com o outro e aprendemos a confiar um no outro. E não sinto que eles diriam: ‘’Darias conhecimento ao mundo, dentro de algumas semanas…’ porque dir-lhes-ia para saltarem para a nave deles … tu sabes o que eu quero dizer? Eles sabem que eu não faria isso e não me colocariam em tal situação. Sei que não fariam isso e podes dizer que irão chegar em breve e, como muitas pessoas sabem, todos os canalizadores em todo o mundo, esta palavra “em breve” parece saltar deles, mas não há tempo, por isso se tivessem dito há um ano atrás que iriam chegar em breve, eu teria pensado que seriam alguns meses, mas agora para mim ‘em breve’… bem, perguntei-lhes e ‘em breve não significa nada para nós porque vocês disseram ‘em breve’ e em breve foi e veio muitas vezes.’ No meu coração, Oliver, e é tudo o que posso dizer, sei que eles hão-de vir. Não a uma escala de : ‘É um pássaro, é um avião, não, é o Super Homem. Isso é, isso foi alguma coisa?’ Não, será a uma grande escala realmente que eles vão chegar e estão cada vez mais em todos os lugares. Olha para a China, no mês passado…

Oliver: Ia precisamente dizer isso sobre todos os avistamentos de UFO’s aqui.

Blossom: E as espirais a girar. Tens de ir ao Youtube para ver todos esses acontecimentos que estão a ocorrer. Estão a chegar mais, cada vez mais, mas penso que irá chegar uma altura que o que disseram sobre 14 de Outubro irá acontecer. Sinto isso no meu coração. Essa é a minha verdade. Não importa que não seja a das outras pessoas, mas não posso mudar a minha verdade no meu coração.

Oliver: Bem, Blossom, há tanta coisa que ainda quero aflorar, especialmente o conhecimento, o acordar que está a acontecer, mas quero aprofundar o que aconteceu contigo, onde estás agora depois dessa coisa ter ido por água abaixo. Blossom, ainda estou admirado contigo, do que fizeste, da tua coragem para verdadeiramente ires em frente e trazer esta mensagem da Federação da Luz, de que a sua nave ia aparecer nos céus. Por isso estou curioso por saber sobre o conhecimento, o acordar para o que está a acontecer aqui no planeta e que realmente se está a expandir. É quase diariamente. Disseste que na China tiveram de fechar um aeroporto agora, devido a avistamentos de UFO’s. Fala-me um pouco sobre isso, do conhecimento, do acordar que está a acontecer.

Blossom: É como dizes, não diariamente, mas a todo o momento. A cada momento as pessoas estão a acordar e estamos a ir tão rapidamente para o 2012 e há um bilião de cenários de como o 2012 pode acontecer, mas é claro que o que o 2012 irá significar, é algum acontecimento monumental e mudança, e A Federação diz que estamos a mover-nos para a Idade Dourada. E deve estar, por esta razão sinto que os que estão neste planeta agora são muito abençoados por estar aqui. Muitos de nós sentam-se e queixam-se pelo estado disto e pelo estado daquilo, e isso não é medonho? Sinto como se apanhasse uma palmada nas costelas porque fostes escolhidos entre milhões e milhões de almas que queriam estar aqui nesta época. Nós fomos os que nos voluntariamos e fomos escolhidos porque realmente somos fortes e queríamos estar aqui para ver esta ascensão e esta mudança acontecer e é por isso que estamos aqui agora… alguns acordaram antes dos outros. Talvez seja este o nosso caminho para que isto aconteça, mas há muitos, mesmo muitos, que ainda estão a dormir. Cada um que acorda, vai falar com outros e acorda talvez três ou mais pessoas, e assim a cadeia continua. Cada vez mais pessoas têm de acordar para o que está a acontecer no planeta e, realmente, na consciência espiritual. Por isso é que é tão encantador. As pessoas são amorosas. E foi dito que quando as naves chegarem aos céus que são irrefutáveis, e que talvez permaneçam algum tempo, então uma porção de gente irá ficar entusiasmada porque nunca contemplaram isso como uma realidade. Contemplaram isso, apenas, ao ver um filme. Por isso quando acontecer haverá muitos que se vão sentir perdidos. E os que estão acordados são os que vão orientar e ajudar aquelas pessoas que não sabiam o que estava a acontecer realmente, mas dizem também que durante essa época, quando as naves chegarem de forma maciça, que irá haver um acordar maciço a acontecer nessa ocasião porque muitas pessoas, quando virem isso, irão recordar quem são. É sobre isso que A Federação fala sempre: recordar quem somos. E o que somos, Oliver, é amor. Não recordo quem sou. Não me lembro do que tomei ao pequeno almoço. Vamos ser honestos. Somos amor e é isso que temos de recordar.

Oliver: Estavamos precisamente a falar disso durante o intervalo e se soubéssemos que na ocasião que formos para fora daqui e regressarmos, não iremos encarnar de novo. É como se fosse NÃO HÁ MANEIRA… de fazer isso, certo?

Blossom: Absolutamente, temos de saber que somos abençoados em estar aqui e viemos aqui para ver isto acontecer. E quando houver dias de, ‘oh, meu Deus, não sei o que está a acontecer e isto não é tudo medonho?’ é quando temos de recordar: bem, espera, unam-se. Estais aqui para ser um exemplo de Luz, então sejam esse exemplo porque para mim é o exemplo da Luz que somos, que vai fazer a mudança. É a maneira de como pensamos sobre tudo que está a mudar e se nos mantivermos nesse nível, ‘Oh, meu Deus, não é horrível?’ então é como isso vai ficar. Temos de fazer uma mudança completa na maneira que sabemos como isso vai acontecer e temos de saber que os nossos pensamentos, o nosso amor e a nossa Luz, quando nos focamos nisso, vão fazer a mudança para um mundo com que apenas sonhamos.

Oliver: Isso é tão bonito, Blossom. Realmente é. E tão verdadeiro. Sei que também canalizas White Cloud e eu gostaria de saber, qual foi a sua resposta? Já alguma vez tiveste uma resposta dele?

Blossom: Vou contar uma história rápida. Muitos podem já ter ouvido. Como disse, eu estava a ser bombardeada. Era muito desagradável. Mas algumas pessoas tentavam ser agradáveis e houve uma carta que realmente magoou o meu coração. Tinha dias de ser forte devido às belas cartas de amor que me foram enviadas e quase faziam esquecer as cartas desagradáveis. Ainda haviam coisas que me faziam perguntar o que é que estava a fazer e não queria mentir a mim própria e muito menos ao resto do mundo, por isso, um dia estava a sentir-me realmente mal e chamei White Cloud. ‘Preciso de saber se isto é verdade e se é suposto continuar a canalizar a Federação da Luz? Porque, implicitamente, acredito neles. E vi na minha mente a fotografia de uma rosa. E disse: ‘Ok, dentro de três dias quero ver uma rosa mesmo que seja na sarjeta!!! Irei ver uma rosa e sei que é um sinal de que é verdade.’ E necessitava saber isso. E não lhe peço muitas vezes sinais. Porque não é a maneira como trabalhamos. Eu vivi a minha vida, mas dentro de três dias alguém bateu à minha porta e havia três dúzias de rosas brancas entregues com uma pena branca que vinha com ela e um cartão que dizia, ‘Caminha firmemente na Luz e no Amor. Tudo é como deve ser.’ E era exactamente as palavras de White Cloud e dizia,’ De Kerrie, uma pétala.’ Agora conheço Kerrie, mas não a conhecia nessa ocasião. Ela lembrou-se dessa coisa de me enviar rosas e o cartão tinha tudo o que White Cloud dizia habitualmente. É como se o tivesse escrito. E para mim foi como, ‘uaauuu’, era tudo o que precisava saber. Nunca mais me preocupei a saber se estava a canalizar as trevas porque depois disto sei que estou com os Bons.

Oliver: Como é que podes canalizar as trevas, por assim dizer, quando falas de amor?

Blossom: Ficavas espantado, Oliver, com as cartas que ainda recebo sobre isso, mas está certo. Cada um vive a sua verdade, mas as pessoas escrevem a dizer que os canalizadores falam da Luz, mas que na realidade são enganados pelo diabo e se eu não li a Bíblia e dah,dah,dah,dah. É justo porque é a verdade deles e não estou aqui para provar ou convencer ninguém de nada. Estou apenas a fazer o que penso que devo fazer e muitas vezes penso, ‘isto é muito difícil,´ porque o que posso ter enviado às pessoas ou as coisas diferentes com que posso não concordar, mas penso ’isto é mesmo muito difícil’ e penso, ‘conseguias parar de fazer isso, Blossom?’ e torno a pensar, ‘Não, não podia, porque o meu coração sabe precisamente o que tem de fazer, e é isso que vim cá fazer’ e para ser honesta, como diz White Cloud, ‘se puderes mudar uma pessoa neste planeta, apenas mostrar a uma pessoa o caminho certo para a Luz e para o Amor, então fizeste bem.’ Se todos adoptassemos isso ... Como o mundo seria diferente...Temos somente de passar esta Luz e Amor a todos. É assim que o mundo vai acordar, sendo um exemplo de Luz. E não escrevendo de volta a essas pessoas e dizendo, ‘leva lá a bicicleta, amigo.’ Mas escrevendo de volta e dizendo, ‘Muito obrigada por ter oferecido o seu ponto de vista. No entanto, não é a minha verdade, mas desejo-lhe o bem da sua verdade. É sobre não julgar as pessoas pelo que eles são porque somos todos partes da pessoa que nos está a julgar. Se somos todos um, então essa pessoa que está a julgar-nos faz parte de mim. Porque é que eu daria uma bofetada na minha cara? (risos)E faço-o muitas vezes. Estás a compreender o que estou a dizer?

Oliver: Absolutamente, compreendo o que estás a dizer. E sei que fazes readings (transmissões/comunicações de ou com os espíritos ligados a outras pessoas) e que também viajas com White Cloud e sei que mudaste um pouco os readings. Fizeste isso devido a ser mais adequado para a saúde. Não é como se regredisses um pouco?

Blossom: Sabes, é muito divertido. Faz-me sorrir porque, em Fevereiro fui a Melboune ver a minha enteada, por isso pensei, enquanto estou lá em baixo vou tentar fazer uma noite com White Cloud. Quando estava lá isso era para acontecer às seis e meia e estavam cinco pessoas nessa reunião. Estavam a interrogar-se, ‘Estou no sítio errado? Porque imaginaram centenas e centenas de pessoas a estar aí. No fim chegaram mais pessoas e o que tinha aí eram 23 pessoas. E pensei. É fixe. É perfeito’ e White Cloud chegou. Regressei e durante um mês pensei que devia fazer mais uma com as pessoas da minha região e tu sabes, Oliver, tinha 4 pessoas interessadas. Não tive pessoas suficientes para pagar o espaço, por isso decidi que seria assim. Nada contra White Cloud, mas decidi que não podia continuar a tentar que isso acontecesse e, por isso, parei e agora deixo isso aos poderes para que assim seja e se desejo ir e espalhar a palavra via White Cloud a falar através de mim, então isso irá acontecer, mas parecia que estava realmente a ser canalizada em cada reunião. As pessoas pensam que estou ocupada durante toda a semana, saindo para ir fazer uma sessão de White Cloud aqui e outra ali, viajando por toda a parte. Mas não é nada disso. É uma época muito estranha, mas há outra coisa que temos no provérbio, “"Let Go and Let God = Deixa Ir e Deixa à vontade de Deus.” Para mim qual é o objectivo em ter este Índio Nativo Americano a vir falar através de mim com toda a sua sabedoria e não ter ninguém a ouvir? Não vou sair e fazer isso. Porquê tudo isso? Mas ao mesmo tempo é como, olha, se tiver de acontecer, isso acontecerá. Isso acontecerá quando tiver de acontecer, ‘ok’, então vou fazer isso. E é o que temos todos de fazer com as coisas que nos causam stress. Podemos tentar muito fazer com que uma coisa aconteça. Quando aceitarmos e colocarmos lá fora na faixa ‘Desejo fazer isso em serviço. Vais fazer-me saber como e quando e eu irei fazer isso,’ em vez de por toda esta agonia naquilo que sentes que devias estar a fazer. Estamos a ser ensinados agora sobre tanta coisa para apenas ser. E é muito difícil para nós fazer isso: apenas Ser. Voltando ao que disseste, estive bastante doente durante três meses, antes do Natal. Eu sabia que era uma coisa espiritual. Não conseguia andar de um quarto para outro. O meu limite diário de exercício era sair da cama e caminhar para o sofá, sentar-me e olhar todo o dia fixamente para a mesa. Estive literalmente fora do planeta durante três meses e soube que fazer ‘readings’ com White Cloud era usar demasiada da minha força de vida devido à energia envolvida e assim chegou a mim ter de tomar a decisão para os readings que faço que devia estar a trabalhar da mesma maneira, mas em vez de White Cloud falar eu entro e digo, ‘Estão-me a mostrar uma imagem de …’ e irei fazer exactamente a mesma coisa, mas sou eu a falar em vez de ele vir completamente para o meu corpo. Tomei a decisão que quando chegar a ocasião de viajar à volta do mundo como me disseram que irei fazer muitas vezes e levar White Cloud para fora daqui dessa maneira, então sentir-me-ei feliz por fazer isso porque penso que a energia da sua voz quando fala através de mim é demasiado espantosa para as pessoas experimentarem. Então estou feliz por fazer isso, mas certamente não numa base de fazer readings para as pessoas porque isso retira demasiado da minha força de vida.

Oliver: Uauuu, muito bem ... por reconheceres os teus limites com seriedade. Isso é muito importante, mas tens muito a acontecer em www.blossomgoodchild.com. Escrevestes alguns livros que canalizaste de White Cloud que as pessoas podem encontrar aí.

Blossom: Ao princípio, quando comecei a canalizar White Cloud ele disse para começar a registar os encontros porque iriam ser reunidos num livro e isso foi há dez anos e pensei ‘sim, certo.’ Não tinha ideia nenhuma quando publiquei o primeiro livro que se intitula “Caminhado na Luz e no Amor”. Eu dizia, Oh meu Deus, ele estava certo. Desde então escrevi mais dois livros em seu nome, deste modo escrevi três livros de White Cloud. As pessoas escrevem-me muitas vezes e dizem, ‘O que é que a Federação pensa sobre isso’ e ‘O que é que eles sentem sobre isso?’ Bem, com toda a honestidade, White Cloud respondeu a todas essas perguntas nesses três livros. Tivemos reuniões de grupos onde as pessoas faziam toda a espécie de perguntas a ver com Jesus, aborto, guerra, drogas, toda a espécie de coisas, sobre matéria cósmica e as pessoas faziam perguntas a White Cloud e ele respondia a todas na sua verdade. Como ele dizia, era a sua opinião, a sua verdade. Por isso grande parte do trabalho de 10 anos está nesses livros. Toda a sabedoria de como ele olha para esses assuntos.

Oliver: Então, Blossom, rapidamente porque já estamos a exceder o tempo. Sim eu sei que ele passa muito rapidamente. O que é que se vai passar contigo a seguir?

Blossom: Não sei. (risos).

Oliver: Bom, esta foi fácil.

Blossom: Vou almoçar, penso que é o que vou fazer a seguir. Estou sempre aberta. Essa é a coisa, não é verdade? Nunca sabes o que está ao rodar da esquina.

Oliver: Estava com curiosidade. As pessoas ainda vão ao teu site e sei que continuas a canalizar a Federação da Luz. Sei que tens publicado recentemente aqui e ali, por isso …

Blossom: Oliver, posso dizer algo? As pessoas podem assinar a minha newsletter, e podem fazer isso no meu site, depois sempre que uma nova canalização acontecer eu envio uma newsletter para saberem. .

Oliver: Oh, maravilhoso. Blossom, de novo, obrigado. Quero-te de volta porque ainda há muito sobre que falar.

Blossom: Absolutamente, será um prazer.

Oliver: Podia literalmente conversar contigo toda a noite, mas temos de ficar por aqui e muito obrigada por teres vindo de novo dois anos depois do acontecimento e estou feliz por ter tido a oportunidade de te agarrar para ouvir como foi e onde tens estado durante estes dois anos. E é bom ver que ainda estás em bons espíritos.

Blossom: Absolutamente e agradeço-te por me teres convidado, Oliver. Apreciei a oportunidade e sinto-me óptima. Como todas as pessoas estou a aprender a amar cada vez mais a cada dia.

Oliver: Agradeço-te muito e agradeço a todos que ouviram este The Oliver Show aqui, esta noite. Podeis encontrar-me diariamente em One Two Listen, onde dou readings e também tenho o meu serviço de email aí e estejam sintonizados com OneTwo Radio. Temos um excelente programa para amanhã …


Website: Blossom Goodchild
Translation: Maria


More Blossom news: this week, Blossom filmed and published one of her evenings with White Cloud for the first time. You can watch the videos here:











Transcrição:

Blossom:

Uma pergunta que me é feita muitas vezes é ‘como que isto começou?’ Como é que acabei sentada nesta cadeira, esta noite, a fazer aquilo que vou fazer? Por isso, quero apenas explicar, para que as pessoas compreendam melhor como é que isto começou comigo.

Quando tinha cerca de 19 anos comecei a ter ataques, esses ataques … coisas estranhas em que caía para o chão e sabia de tudo que se estava a passar à minha volta, mas realmente não podia … as pessoas diziam ‘oh, chamem uma ambulância’ … tudo isso … ‘Blossom, estás a ouvir-nos?’

E podia ouvi-las mas não conseguia mexer um músculo para que elas soubessem. Vocês sabem, eles diziam ‘ mexe um dedo se me estás a escutar’… Eu não conseguia, mas estava perfeitamente bem, fosse o que fosse que eu pensasse que estava no meu corpo. E isso aconteceu durante cerca de 17 … 18 anos.

Não era continuado, graças a Deus, mas era intermitente ... Vocês sabem, havia um período em que tinha isso todos os dias durante 5 ou 6 semanas, e os meus olhos pareciam mortos quando isso acontecia, e era como se não estivesse no planeta. Provavelmente não estava, não sei.

E no momento em que ficava melhor, os meus olhos voltavam de novo à vida, e então tinha alguns meses em que estava absolutamente normal e tudo estava óptimo e, de repente, tinha essas expressões ‘oh, meu Deus, estou a sentir-me um pouco estranha, aqui vamos nós de novo’ e lá acontecia o mesmo. Tínhamos na nossa companhia uma senhora muito dotada, e fiz uma cura espiritual.

Quando digo que fiz uma cura quero significar talvez 3 vezes por ano. Sabem, estava muito interessada em ler livros espirituais, não conhecia muitas pessoas que fizessem este tipo de trabalho mas fiz a parte estranha da cura. E tive conhecimento de que um Índio Nativo Americano, permanecia junto a mim. E uma vez, quando estava a fazer esta cura/tratamento, perguntei se podia saber o seu nome. E travei conhecimento com ele.

Nunca tinha ouvido falar dele. Ouvi falar de Sitting Bull (Touro Sentado) e toda a espécie de nomes. Nunca ouvi falar de White Cloud (Nuvem Branca). Tudo bem. E essa senhora fez-me um reading (sessão para comunicar com os espíritos guias) e disse ‘Tenho aqui o teu Índio e ele diz se tens alguma pergunta para lhe fazer’. Eu disse ‘Sim, o que está a acontecer comigo?’ porque tinha feito exames à cabeça, tinha tomada comprimidos para a epilepsia. Tentaram tudo e não conseguiram ver qual era o problema.

E para não ser muito dramática, mas para vos dizer como isso era grave, se tivesse um ataque, caía e se por vezes tivessem de chamar uma ambulância, se estivesse fora, podia ouvir claramente os maqueiros a dizer: “Não consigo apanhar o pulso, não sinto o pulso.” E ficava cinzenta e eles obviamente pensavam que eu tinha embarcado. Mas não tinha. Estava perfeitamente bem mas não conseguia dizer-lhes.

Então tinha uma inundação de ataques e essa senhora, essa talentosa clarividente que vivia connosco, e eu estava muito deprimida naquela época porque não compreendia o que era aquilo, e ela disse ‘Tenho aqui o teu Índio e ele está a fazer isso e realmente está a ficar frustrado porque quer falar contigo e está a pedir que pegues numa caneta e num papel e ele irá surgir.’

E assim, porque tinha estado ligada a assuntos espirituais durante 20 anos e realmente tinha estudado coisas, disse ‘ok, vou embarcar nisso.’ Por isso, sentei-me com um caderno pequeno e uma caneta e escrevi ‘Bem, não sei o que devo dizer’ e toda esta informação veio de seguida … páginas e páginas dela.

E ele disse que tínhamos concordado fazer isso há muitas luas atrás, e se estivesse disposta a isso, que gostaria de falar através de mim. Foi isso que aconteceu. Marcamos um encontro, e gostaria de dizer porque esqueço sempre este pedaço importante, que a partir do minuto em que comecei a escrever no caderno, os meus ataques desapareceram. Nunca mais estive doente. Isso aconteceu há 10 anos. Desapareceram. Foi o que aconteceu e a partir daí ele pediu-me para registar os nossos encontros que eu escrevi e que se tornaram livros, que nesse tempo eu pensei umm… e que estão aí. Os livros estão aí.

Encontro-o, e há muitos nesta sala, alguns conhecem White Cloud muito bem e sabem que ele é o ser de Luz mais compassivo e amoroso que podem sentir. Durante dez anos trabalhamos juntos, e quando ele chegou pela primeira vez, eu não podia mover um músculo e tinha noventa queixos duplos e ele falou realmente profundamente e muito devagar. Agora o seu nível é muito mais sintonizado com o meu tom de voz e ele abre os olhos e diz piadas, e aprendemos a trabalhar juntos de uma maneira muito diferente.

Por isso, realmente tive necessidade de explicar como é que acabei sentada aqui hoje, e gostaria também de dizer o que acontece quando ele chega, porque as pessoas perguntam, ‘sabe o que ele está a dizer?’ O que acontece, e que irão ver, é que começo a fazer várias inspirações profundas e faço algumas caretas, quando ele está a chegar.

Costumamos gracejar com isso porque também trago outros seres de Luz que não quero canalizar esta noite, quando eles entram parece que fiz uma operação de rejuvenescimento ao rosto. Quando é White Cloud é absolutamente o oposto. Por isso, faço respirações profundas … toda essa espécie de coisas e faço algumas caretas divertidas. E quando ele está pronto, começa a falar.

Com alguns canalizadores, sobretudo os de voz directa, eles realmente saem do corpo e o ser entra, assume o comando e eles aí vão. Quando acabam, a pessoa que emprestou o corpo regressa e não tem noção do que se passou.

Comigo não se passa assim. Estou completamente ciente de tudo o que é dito porque trabalhamos juntos. Não sei como explicar isto. É como se ele estivesse neste lado, e eu neste lado, e encontramo-nos no meio. E estou ciente de tudo o que ele está a falar. Talvez num escasso segundo antes dele falar, sei o que ele vai dizer. Por vezes, entramos num ligeiro conflito … Eu digo, ‘tens a certeza?’ ‘sim’ ‘tens a certeza?’ É mais ou menos isto.

Não sei porque é que me escolheu porque, por vezes, penso, ‘é isso que queres dizer, certo?’ É assim que trabalhamos. Tem de haver silêncio quando ele entrar, peço para lhe enviarem amor porque embora estejam a ver a minha cara, há muita coisa a acontecer dentro de mim. Há cores a acontecer e a energia pode mudar um pouco e desde que esteja certa do facto de que nenhum de vós vai dizer ‘ oh, Santo Deus, tenho de apanhar o autocarro.’ Sabeis o que eu quero dizer com isto.

18. Vocês enviam amor e sinto que não tem importância se estiver aí durante cinco minutos porque simplesmente é como é. Porque tenham em mente que para White Cloud vir e fazer isto, não é tão simples como dizer ‘ok, vamos começar’. Há muita coisa envolvida nas energias a chegar donde ele está, num plano mais alto, e muitos outros seres que não se vêem, estão a trabalhar para fazer com que isto aconteça para nós.

E White Cloud está muito interessado … está feliz por esta oportunidade de poder estar aqui … é uma porta muito emperrada, não é? Tu tocaste à campainha, Senhor!

Portanto, ele está muito interessado em falar convosco esta noite e sei que ele está entusiasmado porque a sala está cheia de uma energia cheia de amor. Vamos deixar que estas pessoas se acumulem no tecto se puderem, sosseguem, e estaremos prontos para iniciar.

Agora, como disse Ric, pode ser que White Cloud gostasse de perguntar às pessoas se querem fazer alguma pergunta. Não tenham receio. As pessoas estão sentadas aí … e ‘Posso perguntar isto?’ Se sentem que têm uma pergunta para fazer, provavelmente há quinze pesos nesta sala que gostariam de ter uma resposta a essa pergunta.

Seja o que quer que sintam, porque pode ser a nível cósmico, podem perguntar tudo aquilo que queiram. De preferência que não sejam perguntas de nível pessoal porque é um pouco difícil fazer uma leitura de uma pessoa com todas estas energias nesta sala, e peço para que falem alto, para que todos possam ouvir a pergunta que estais a fazer. E se ele não puder responder, não o fará. Realmente é tão simples quanto isto.

Então, estão todos preparados? Peço também que tentem manter-se em silencio … Sei que há um surto de constipações e tosse, por isso, têm de tossir se não puderem evitar … mas tentem respeitar a energia e tudo que está envolvido para permitir que isto aconteça. Então, sem mais demoras, vamos chamá-lo. Portanto, usufruam esta noite e desfrutem a companhia deste senhor muito especial que está a chegar, para falar hoje convosco.

Blossom (a pedir a protecção)

Espírito Divino, agradecemos por nos juntares esta noite ,e pedimos um círculo de protecção à volta de cada um de nós a fim de estarmos seguros, quentes e protegidos, dentro da vossa Luz e Amor. Pedimos agora a tua permissão para que White Cloud se aproxime, e pedimos também que esta canalização seja dada com facilidade, verdade e clareza, para nos ajudar a todos que caminhamos esta jornada da vida, nesta época. Com Amor e Luz.

White Cloud:

Calorosas boas vindas a cada um de vós que se dispôs a ouvir a sua alma, e a vir aqui esta noite para rejuvenescer um pouco.

Estava precisamente a dizer a Blossom que estou pronto porque é de boa educação abrir os olhos. O ajustamento leva algum tempo a ser feito, portanto, enviem o vosso Amor e permitam que isso aconteça. E, meus amigos, à medida que o tempo avançar irei baixar um pouco o nível do meu olhar, pois como sabeis, os vossos olhos são as janelas da vossa alma. E o que é a vossa alma? A vossa alma é o que sois. E quem sois, meus amigos? Sois Amor.

É interessante ver quantas vezes dizemos que sois Amor. Mas o que é que isso significa? O que é que isso significa para vós? Para mais ninguém, apenas para vós? Quando dizeis para vós próprios, Eu sou Amor, o que sentis?

Porque, meus amigos, nos dias que estão a chegar há uma nova linguagem e essa linguagem chama-se SENTIR. Estas palavras são tantas vezes pronunciadas pela boca que chegam da cabeça, e não do coração. E nos dias que estão a chegar pedimos-vos que falem do coração. E se não tiverem a certeza do que o vosso coração tem para dizer, então fechem a boca, porque é melhor não dizer nada do que dizer palavras de um nível pouco profundo.

Hoje em dia muitos de vós acham isso, não é verdade? que estais a tornar-vos um pouco fechados. Estais a concordar com acenos de cabeça. Porque está a acontecer uma mudança, não apenas dentro da vibração do planeta, mas está a acontecer uma mudança de vibração dentro de cada indivíduo, quer ainda esteja adormecido, quer tenha acordado.

Esta mudança ainda está a acontecer. E podem perguntar que mudança é essa. É uma mudança na vossa alma. Uma mudança em vós, e podeis senti-la. E alguns não sabem. De facto, muitos são incapazes de saber que fazer com isso, porque é um sentimento novo. Alguns desejam fechar-se, porque não conseguem lidar com o mundo exterior e com todas as suas fraquezas.

Há um ditado que diz: Não há nada de errado no mundo, mas sim nas pessoas que estão nele. Mas, meus amigos, não há nada, absolutamente nada de errado com as pessoas que estão nele. Porque cada um e todos, sois Amor. É isso que sois. Nada, nada mais! Podeis ter capacidades diferentes e dizer: Eu sou um actor, eu sou um pugilista. Mas és um actor que representa, devido ao Amor e através dele.

E estamos a chegar cada vez mais de outros lugares para vos ajudar, para vos ajudar a compreender a mudança que está a acontecer. Porque, por vezes, é muito desconcertante, não é?

Na vossa Internet, há muitos, muitos cenários do que está a acontecer nos dias de hoje, e pode ser que cada um que está nesta sala tenha um pensamento sobre isso, que difere da pessoa que está sentada ao seu lado. Posso perguntar com o devido respeito: “Quantos de vós, por vezes, se alimentam de medo? Podeis começar a ler alguma coisa e digo, por qualquer motivo ridículo, continuais a ler mesmo que isso vos faça sentir desconfortáveis.

Porquê? Porque fazeis isso, meus amigos? Pensem nisso. Porquê? Pedimos que quando isto acontecer, parem. Ao sentirem-se desconfortáveis, parem. Se estiverem a falar com alguém que está a dizer coisas que vos causam desconforto, sejam educados mas afastem-se. Porque deveis compreender a importância disto, por trás do que estou a dizer.

Quanto mais alimentais o vosso medo, mais ele crescerá. E quanto mais cada um de vós alimenta o medo, mais ele cresce neste planeta. E não vieram aqui para alimentar o medo e espalhá-lo no planeta. Vieram aqui, voluntariaram-se, meus amigos, e foram escolhidos para estar aqui, para conduzir este planeta Terra para um lugar novo. E por mais louco que isto possa parecer aos que estão adormecidos, e talvez a alguns de vós que estais aqui, digo-vos, com Amor, que é para isso que estais aqui. Por esta razão, façam o que vierem fazer. Estejam em Amor. Falem através do Amor. Espalhem Amor à vossa volta, a cada momento, do vosso ser para o vosso ser.

Pensem nisto porque de certa maneira, meus amigos, é como sonhar, é uma nova maneira de ser. É uma nova forma de compreensão e é muito difícil compreendermos isso. É bastante difícil deixar que os velhos padrões desapareçam e o que deveis tentar aceitar é que esses velhos padrões não estão convosco há 25 ou 60 anos. Tornaram-se vós próprio ao longo de milhares de anos.

É muito difícil para uma alma compreender que cada um nesta sala é Um. É um conceito difícil, mas é verdade. Isso é belo e calmo. Esse conhecimento da unidade é algo que sugiro que peçam às vossas almas para investigar. Quando olhais para os olhos dos outros, vedes a vós, mesmos porque estais a olhar para vós mas apenas numa outra forma, outra forma de Amor. Amor.Amor. Amor. Isso é o que faz o mundo girar.

Estou a dizer a esses o que sempre digo, porque o primeiro soldado corajoso a fazer uma pergunta, pode ser tudo aquilo que acharem adequado, e se não for apropriado, irei simplesmente dizer isso. Então há aqui alguém que queira fazer uma pergunta? Sê bem vindo, meu amigo, e agradeço muito a tua ajuda a facilitar isto.

Pergunta 1:

Gostaria de dizer que tenho uma grande verdade e crença no meu coração e na minha alma, de que realmente estamos acompanhados aqui por muitos que são de outros mundos. Mais almas no plano da Terra serão capazes de ver mais evidência desse facto com as janelas da alma? Obrigada.

White Cloud:

Como a vibração se está a erguer no plano da Terra, está a encontrar-se com uma vibração que é mais alta, se trabalharmos nela desta maneira. Por isso, para explicar de uma maneira simples, enquanto a Terra se move para cima, está a ficar cada vez mais perto das vibrações altas. E no devido tempo, e digo tempo, porque não há tempo, por isso, não posso dizer dentro de quinze anos, mas finalmente irá acontecer que muitos de vós neste planeta, que acordam e estão a acordar os outros devido a isso, e cada vez com mais força, à medida que o vosso tempo prossegue, e assim o nível do Amor é capaz de filtrar através do planeta. Cada vez mais, estais a erguer os vossos mundos.

Por essa razão, seria natural que, como o indivíduo se desenvolve com a vibração mais alta, primeiro de tudo o indivíduo é capaz de se ligar, mas então, através do próximo nível, haverá a visão de ser capaz de ver aquilo que sois incapazes de ver nesta ocasião. Alguns já podem ver e outros não. E é muito complicado prosseguirem, nesta época. Mas, digo-vos que agora é a altura certa. Isso aconteceu também há muito tempo atrás - agora é tempo de falarem com os vossos guias, mesmo que não saibam quem eles são.

Digo-vos que cada um de vós tem vários. Digam ‘olá’ de vez em quando. Nem sempre tendes de estar em circunstâncias difíceis para chamar por alguém, para vos dar uma mão.

Ao acordar a cada dia digam bom dia. Em primeiro lugar digam bom dia ao amor. E depois digam bom dia a tudo que vos rodeia. E digam ‘espero que desfrutem o vosso dia comigo. Irei fazer com que seja o mais estimulante possível.’ Podeis imaginar acordar dia após dia de baixo astral, e eles, os vossos amigos que não são vistos, reagirão um pouco assim: ‘ Cá vamos nós outra vez, para mais um dia’.

Meus amigos, vivam a vossa vida com a máxima intensidade. E vai chegar o dia em que irão contactar Seres de Luz. Seres de Luz das cores do arco-íris. Seres de outros lugares, que vos irão encher de emoção, da mesma maneira que a vossa Luz os irá emocionar. Meus amigos, estais aqui para irradiar a vossa Luz, para ser um exemplo de Luz. Não é para os alcançar, não é para pedir que tenham a vossa maneira de pensar. É para sorrir e rir, e ser alegria, e eu digo-vos, os olhos das pessoas através dos seus corações, irão acordar para serem Amor. É tudo que tendes de fazer.

Muitas pessoas dizem: ‘Não sei porque é que vim, sinto que não sou uma ajuda, sinto que não estou a fazer nada para ajudar o planeta.? Estão aqui para fazer o que vieram fazer. Para ser Amor. Fim da história. Como é que irão manifestar esse Amor? É da vossa conta escolher como ireis escolher abrir-vos a esse Amor. E isso podia tirar-nos toda a escolha, não podia? Tendes a opção da escolha a cada momento da vossa vida. Meus amigos, podeis escolher agir de uma certa maneira ou de outra, se eles carregarem nos botões, ou podeis dizer: ‘Como cheguei longe,’ e em vez de reagirem zangados, sorriam e enviam alegria.

É assim que o vosso mundo vai mudar. É assim que o vosso mundo está a mudar porque todos estão a tornar-se o Amor que eles são e a razão para isto acontecer é porque o nível do Amor mais elevado está a chegar e estais a acordar para ele e a dizer: ‘Oh sim, oh sim, este sentimento é bom.’ Estais a ligar-vos à verdade que sois.

Meus amigos, estes tempos são os tempos mais excitantes que poderiam existir no planeta. Foi dada a oportunidade a ti, a ti e a ti. Fostes escolhidos para vir nesta época, para fazer com que a mudança aconteça. Porque é que toda a gente anda cabisbaixa? (faz uma careta triste). Porquê? Porquê? Ponham os vossos lábios assim, (gesto para cima) dêem um sorriso da vossa alma a todos, em todas as circunstâncias. Sejam Amor, meus amigos, sejam Amor. Querem fazer alguma pergunta? Qualquer um de vós, não apenas uma pessoa. Meu amigo, muito obrigado.

Pergunta 2:

Gostava de saber porque é que a mudança espiritual está a acontecer agora? Porquê agora?

White Cloud:

Se ninguém ouviu, a pergunta foi: Porque é que essa mudança está a acontecer agora? E podíamos ir para o Calendário Maia. O 2012. Não faz com que as pessoas façam mmm. Grande ponto de interrogação. Primeiro de tudo espero não me desviar muito, mas está a acontecer agora devido ao 2012. Em 2012, meus amigos, a grande pergunta nos lábios de toda a gente é … o que é que vai acontecer?

2012 é um marco. Não é … e isso é a minha verdade, e não tem de ser a vossa … não é que em 21 de Dezembro de 2012 o vosso mundo se vá desintegrar e juntamente com tudo o que está nele. Isso não vai acontecer dessa maneira. Mas, nessa ocasião, haverá uma grande diferença que aconteceu agora, esta noite, para essa marca de tempo, se olharem para trás, para todas as mudanças que aconteceram tal como agora. O mundo está a acelerar e, por isso, esse marco irá estar aqui amanhã. Estará aqui antes que vocês se apercebam disso, mas é apenas um marco.

Compreendam isto. O que se passa quando ascenderem para a Idade Dourada, que foi planeado, irá depender inteiramente de ti, de ti e de ti e de toda a gente, porque sois vós que criais a Idade Dourada através da vossa maneira de pensar, através da maneira que escolherem que o vosso mundo aconteça. Como é que querem que o vosso mundo seja? Escolham e escolham com sabedoria, meus amigos, porque vieram aqui para o criar.

Mas isto parece sinistro. Não quero ser isso, de modo algum. Porque cada um de vós que está aqui, neste planeta … não vos escolhemos ao acaso dizendo ‘sim, tu, podes ir, tens um corte de cabelo bonito. Escolhemos com sabedoria para que as almas mais fortes pudessem estar aqui. Porque não é uma tarefa fácil, pois não, meus amigos? Por vezes a alma chora para voltar para casa, mas deixem-me dizer, o vosso lar é o Amor, por isso, podeis estar no vosso lar sempre que escolherem.

Não é uma porta pequena de entrada de uma casa, isso não é o vosso lar. Podia ser um pequeno refúgio mas o lar da vossa alma é a vossa Verdade. Quando estais a viver a vossa Verdade, não vos sentis em casa, porque tudo está no lugar certo? Sentis um Amor dentro de vós, se for difícil viver essa verdade … por vezes é difícil falar a vossa Verdade, mas quando o fazeis, sabeis que estais em casa. E à medida que se moverem para a Idade Dourada, haverá o facto de que todos os velhos padrões já não estão convosco. Não podeis ascender levando a vossa bagagem, pois é demasiado pesada para um mundo de Luz. Podeis deixar a vossa bagagem desta maneira, se for essa a vossa escolha.

Havia tanto que eu podia dizer em relação a moverem-se para essa nova era. Podíamos falar durante um século mas não é a ocasião própria, mas sobre este assunto posso dizer que o motivo porque toda a gente está a acordar agora é devido a essa data. É um marco, um tempo limite, mas muitas pessoas dizem que vai acontecer isto e aquilo, e faço uma paragem aqui e digo, não sabemos o que vai acontecer porque isso é da vossa conta, da vossa conta. Sois vós que criais o vosso mundo. Gostava de perguntar como estamos de tempo, Snr. Ric? Gostaria de saber se há outra pergunta? Sim, está óptimo.

Pergunta 3:

Gostaria de perguntar sobre a expressão que é diz; Os olhos são as janelas da alma. Gostaria de saber se está dentro disso e se pode partilhar onde está a entrada para o último reino?

White Cloud:

Onde está a porta da entrada para o reino derradeiro? Sai daqui e volta à direita. Estou a brincar, meu amigo. Oh, se fosse assim tão simples.

Para tantos, se puder responder da melhor maneira de que sou capaz! Há os que lutam para conseguir meditar. A mente está demasiado preocupada com as compras e o Tio Charlie disse que vinha às 2.00 horas ou às 4.00 h, quando o indivíduo está a tentar meditar. Como é que devo desligar? Porque se compreendo o que estás a perguntar, está certo, meu amigo, estás a perguntar como é que um indivíduo sai daqui, para ali, livre e depois pode voltar. É isso?

Pergunta 4:

Mais para além disso.

White Cloud:

Mais além disso?

Pergunta 5:

Para lá do transcendente.

White Cloud:

Estamos a ir para assuntos muito profundos. Diria que quando uma pessoa medita … Espera um minuto! É exactamente o que estou a dizer e a Blossom está a dizer-me, ‘seria melhor se ela fugisse?’ Ela está dizer que seria melhor um quadro para descrever isso para que pudéssemos ver se é este o caminho.

O que dei à Blossom foi a imagem de uma rosa em botão. À medida que a rosa for regada e alimentada, isso permite que ela cresça e se abra. Do vosso ponto de vista aqui em baixo, é realmente uma questão de primeiro afastar a vossa mente, e isso não é fácil de fazer. Logo que tenham dominado isso, através da meditação, podeis ser capazes de aceder a outros níveis. Podereis então ajustar-vos a esses níveis.

Apenas a algumas pessoas eu diria que elas podem aceder onde tu queres ir, no plano da Terra, nesta época. E a razão porque digo isto, é que há muitas coisas envolvidas nisso. Uma delas, é que não iriam querer regressar. Alguém riu-se, mas isso é um facto. Embora seja essa vibração que, do lugar elevado onde reside, pode apenas ser acessível, com todo o respeito, àqueles cuja vibração é capaz de lidar com isso.

Deixem-me esclarecer, estou a falar de almas do plano da Terra. É um assunto muito diferente dependendo de onde estejas. Portanto, o que te diria, se é que posso, jovem senhor, é que ao permitir que vás a qualquer parte durante a meditação, é a melhor coisa que podes fazer. Em vez de estares a ver um programa que te enche de negatividade … apaga-o, vai e vê um programa que te encha de Amor. Não desperdicem o vosso tempo, meus amigos, porque a ocasião está a ficar cada vez mais perto. Também vos diria que podeis aceder somente ao nível mais alto que a vossa alma requer, e não mais do que isso, enquanto no plano da Terra.

A Blossom sabe que necessito dizer alguma coisa. Se é que posso, acabei de mostrar a Blossom que, à medida que caminhas, parece que cada vez que dás um passo, a tábua sobe e bate-te na cara. No sentido de que, por vezes, parece que ficas bloqueado mesmo à tua frente, quando pensas que sabes em que direcção estás a seguir. Esse é um desses momentos em que a Blossom diz: ‘vamos lá, prossegues com isso? Porque o que ela está a ver é que quando caminhas e a prancha bate na tua cara, estou simplesmente a mostrar-lhe que deves considerar andar à roda por este lado, ou andar à roda por aquele lado. Porque neste momento, (aponta para cima) ireis ver que este caminho está a chegar com todos estes bloqueios. Mas, meu amigo, apenas um simples passo numa direcção ou noutra.

A razão porque a Blossom se riu foi porque eu ia dizer ‘é um passo simples para a direita, um passo para a esquerda´e todo o resto dessa pequena canção de um espectáculo em particular. Por isso, meu amigo, apenas para pensar dar um pequeno passo na vossa jornada, nesta época, porque penso que vos ajudará, que diz também respeito onde estão a desejar ir para um nível próximo onde agarrem isso, mas também para dizer que sejam pacientes porque a paciência é uma virtude, e não podeis ir para qualquer parte até que ela seja compatível com todas as vossas partes, pois se vocês forem, e não estiverem preparados, não será confortável. (bate a palma das mãos uma contra a outra)Seria desta maneira porque não estariam na vibração correcta. É suficiente para ti, meu amigo? Como estamos a progredir? Já passou cerca de uma hora? Gostaria muito que me fizesses uma pergunta, minha amiga.

Pergunta 6 (Kerrie):

Obrigada, White Cloud. Gostaria de fazer uma pergunta sobre os extraterrestres. Parece-me estar a ter contacto e muitos de nós parecem ter contacto com extra terrestres, porque realmente não estamos nos OVNIs mas eles são muito fortes, são seres amorosos e, por favor, podes falar deles?

White Cloud:

Eu diria que … podia falar muito sobre isso. Esses seres de Luz que são conhecidos por vós como Et's chegam até vós, nesta ocasião, devido a esta ocasião. Porque cada vez maior número de vós são capazes de aproximar-se deles e eles são capazes de aproximar-se de vós. Com todo o respeito, o que sabeis ou o que pensais que sabeis, não é nada comparado com o que vão saber a respeito desses seres de Luz nas suas naves de Luz. São Seres de Luz o que quer dizer que a vibração deles é de um nível diferente do que existe no plano da Terra. Compreendam, por favor, que este plano da Terra é denso. Tem uma densidade como nenhum outro. É uma sopa espessa que tendes de mexer continuamente. Estamos a mudar para um consommé. À medida que nos Iluminamos.

Estes Seres estão aí e vieram ajudar. Não para salvar, mas para ajudar. E quanto mais quiserem abrir os vossos corações e ser ajudados, mais eles se apresentarão a vocês. Mas tendes de compreender que muitas almas têm medo do que não compreendem. Portanto este assunto tem de ser feito com grande … Blossom está surpreendida com a palavra que vou dizer. Eu ia dizer: ‘tem de ser feito com grande compromisso.’ Embora haja muitos que estão prontos para pegar na escova de dentes e irem dar uma volta por aí (pelo Universo) e voltarem ontem. Há muitos que simplesmente em toda a verdade, quando esses grandes acontecimentos ocorrerem, irão deixar o plano da Terra fisicamente, porque o choque será demasiado para a compreensão deles. Para o nível onde se encontram. Mas à medida que mais e mais almas acordam e espalham o brilho do sol onde quer que vão, haverá cada vez menos almas a viver com medo porque ireis mudar tudo para elas, ao ser Amor durante todo o dia, durante toda a noite, durante toda a vossa vida. Sejam Amor.

Para concluir diria que o que está para chegar, irá fazer-vos Rir. Rir tanto que não ireis acreditar. Não ireis acreditar na beleza que está para chegar, não só ao vosso planeta mas também ao vosso Ser. Não ireis acreditar, não acreditais nesta altura, não podeis saber agora que bom que vai ser. E digo-vos que vai ser melhor do que isto. Quando fechais os olhos e sentis o Amor em toda a sua glória, quando vos sentis como a totalidade, saibam, meus amigos, que irá haver uma ocasião em que não necessitareis de fechar os olhos para ver o Amor, porque simplesmente sereis o Amor em toda sua pureza. Creio que é o momento de terminar.

Um espectador cego, sentado na assistência diz:

Amo-te e agradeço-te, White Cloud.

White Cloud:

Meu amigo, reverencio-te com na verdade reverencio cada um que está nesta sala, porque sei que cada pessoa nesta sala se reverencia deste modo, que reverenciam todos como UM. Como Guerreiros da Luz que vieram aqui fazer o que tinham de fazer.

Meus amigos, sejam Amor, e antes de ir desejo passar um breve momento a enviar-vos Amor. Mas saibam, por favor, que não é só o meu Amor. Há muitos neste lado, como há muitos no outro lado, e estamos todos nas asas da Luz, alegres por sentir o Amor que há nesta sala, nesta noite. Então, por favor, disponham de um momento para sentir o meu Amor por cada um de vós. Por favor, sintam o calor no vosso coração. Vejam a chama da Luz e do Amor ficar dada vez mais brilhante. Recordem quem são porque estais a regressar ao lar, meus amigos. Estão todos a regressar ao lar.

Agradecemos à Unidade Divina por ter permitido que este encontro se realizasse. Pedimos sempre que permaneçam humildes para servir e receber, e podem continuar a caminhar arrojadamente para a Luz e para o Amor.

Adeus, meus amigos, adeus.

Fim da canalização.

Gravação feita em vídeo em Noosa, Austrália, em 21 de Agosto de 2010 
Galactic Channelings

Create Your Badge



© GalacticChannelings.com dezembro 18 2017 | Contact | Add to Favorites